Usando RaspBerry Pi para redução energética no IFRO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.7769/gesec.v15i4.3596

Palavras-chave:

RaspBerry Pi, RPi, Análise de Desempenho, Consumo Energético

Resumo

Este estudo se aprofunda na avaliação de dispositivos computacionais de alto desempenho, enfatizando a importância de componentes como processadores octa-core, clusters robustos e GPUs de alta performance que são essenciais para minimizar o tempo de processamento em operações computacionais. A pesquisa seleciona a Raspberry Pi (RPi), uma plataforma de hardware reconhecida por sua versatilidade e capacidade de processamento, como o centro de seus testes de benchmarking. Os testes comparativos foram conduzidos em três diferentes modelos da RPi: o 2B, o 3B e o 4B. Cada modelo foi submetido a uma série de benchmarks operando em diversos sistemas operacionais: a distribuição Linux Ubuntu, Windows IoT e Android 9.0, para avaliar seu desempenho em condições variadas. Os resultados indicaram uma superioridade notável do modelo RPi 4B, que demonstrou ser o mais eficiente entre os dispositivos testados, entregando a melhor performance nos benchmarks aplicados. Esta análise detalhada contribui para o entendimento de como a escolha do hardware pode impactar significativamente a eficiência de tarefas computacionais, particularmente em plataformas de baixo custo e alta disponibilidade como a Raspberry Pi.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Bellen, H. M. V. (2007). Indicadores de Sustentabilidade: Uma Análise Comparativa. Rio de Janeiro, Brasil: Editora FGV, 259p.

Bogan, C. E., & English, M. J. (1996). Benchmarking: Aplicações Práticas e Melhoria Contínua. São Paulo, Brasil: Makron Books, 446p.

Frpi. (2016). Foundation Raspberry Pi. Disponível em https://www.raspberrypi.org/. Acessado em 05 de abril de 2023.

Richardson, M., Wallace, S. (2013). Primeiros Passos com o Raspberry Pi. São Paulo, Brasil: Novatec, 169p.

Ronaldy, A., Gustavo A. M., Dias, W. R. A., Edward D. M. (2016). Raspbian vs Ubuntu Mate: Um Paralelo do Desempenho na Raspberry Pi. In Workshop de Iniciação Científica (WIC) - Simpósio em Sistemas Computacionais de Alto Desempenho (WSCAD), Aracaju, Sergipe, Brasil, pp. 43-48.

Spendolini, M. J. (2003). Benchmarking (2ª edição). São Paulo, SP, Brasil: Makron Books, 312p.

Upton, E., Halfacree, G. (2013). Raspberry Pi: Manual do Usuário. São Paulo, Brasil: Novatec, 269p.

Downloads

Publicado

2024-04-01

Como Citar

Santos, P. R. S., Lopes, A. F. G., & Dias, W. R. A. (2024). Usando RaspBerry Pi para redução energética no IFRO. Revista De Gestão E Secretariado, 15(4), e3596. https://doi.org/10.7769/gesec.v15i4.3596