Modelagem de decisão multicritério para processo de logística integrada

Autores

DOI:

https://doi.org/10.7769/gesec.v14i11.3144

Palavras-chave:

Logística Reversa, Equipamentos Eletrônicos, Cadeia de Suprimentos, Multicritério

Resumo

Este estudo descreve um modelo de logística reversa que pode ser utilizado para o descarte de resíduos de equipamentos elétricos e eletrônicos (REEE) de pequenas empresas, que inclui sua coleta, desmontagem, triagem, armazenamento e destinação por um operador logístico. O operador logístico só recolherá REEE depois de acumulado o volume mínimo que estipula, o que se tem revelado um entrave para os pequenos negócios. Isto poderia ser resolvido através da criação de uma estrutura intermédia de gestão pública ou privada que assumisse a responsabilidade pela recepção, armazenamento e transferência dos REEE para o operador logístico em troca de uma taxa. Este modelo de negócio traz benefícios sociais, ambientais e econômicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BALLOU, R. H. Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos: Planejamento, Organização e Logística Empresarial. Trad. Elias Pereira. 4ed. Porto Alegre: Bookman, 2006.

BARROS, A. J. S.; LEHFELD, N. A. S. Fundamentos de metodologia científica – Um guia para iniciação científica (2a ed.). São Paulo: Makron Books, 2000.

BASEL ACTION NETWORK - BAN. “The digital dump: exporting, re-use and abuse to Africa”. Media Release Version, 2005.

BLACK, J. A.; CHAMPION, D. J. Methods and issues in social research. New York: John Wiley & Sons, 1976.

BRASIL, 2010. Presidência da República. Lei nº12.305. de 2 de agosto de 2010. Disponível em HTTP://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato20-7-2010/2010/lei/l12305.htm, Acesso em 16 mai. 2012.

CAIXETA-FILHO, J.V, GAMEIRO, A. H. Entendendo a logística, in: BARTHOLOMEU, D.B.; CAIXETA-FILHO, J.V.(ORG) Logística ambiental de resíduos sólidos, São Paulo: Atlas, 2011.

CARTER, C.R.; ELLRAM, L. M. Reverse logistics: a review of the literature and framework for future investigation. International Journal of Business Logistics, v.19, n.1, p. 85–102, 1998.

COUNCIL OF SUPPLY CHAIN MANAGEMENT PROFESSIONALS – CSCMP. Definition of Logistics Management. 2005. Disponível em: <http://cscmp.org/Website/AboutCSCMP/Definitions/Definitions.asp>. Acesso em: jan.2009.

DAHER, C.E.; SILVA, E.P.L.S.; FONSECA, A.P. Logística Reversa: Oportunidade para Redução de Custos através do Gerenciamento da Cadeia Integrada de Valor. VIII Congresso Internacional de Custos. Anais, Punta del Este, 2003.

FIORAVANTI, R., CARVALHO, M. Visão sistêmica para a cadeia reversa: um estudo de caso no ramo de produtos eletrônicos. Anais do IX Simpósio de Administração da Produção, Logística e Operações Internacionais, 2006.

GONÇALVES, M.E., MARINS, F.A.S. Logística reversa numa empresa de laminação de vidros: um estudo de caso, Gestão & produção, v.13, n.3, p.397-410, set.-dez. 2006.

GREENPEACE. (2006) ww.greenpeace.org/international/news/green-electronics-guide-ewaste250806.Acessado em setembro de 2007.

KUMAR, S.; MALEGEANT, P. Strategic alliance in a closed-loop supply chain, a case of manufacturer and eco-non-profit organization. Technovation, v. 26, n. 10, p. 1127-1135,2006.

LEITE, P.R. Logística reversa – meio ambiente e competitividade. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2003.

LEOPOLDINO, C.C.L.; BARBOSA, D.C.; MENDONÇA, F.M.; INFANTE, C.E.D.C.; NOGUEIRA, E.A.T. 2019. Impactos ambientais e financeiros da implantação do gerenciamento de resíduos sólidos em um complexo siderúrgico: um estudo de caso. Engenharia Ambiental e Sanitária. v. 24, p. 1239-1250.

MCIDADES/SNSA. Manual da coleta seletiva - Elementos para organização da coleta seletiva e projeto dos galpões de triagem. Brasília, 2008. Disponível em http://www.cidades.gov.br. Acessado em 15 de janeiro de 2011.

MIGUEZ, E.C, Logística reversa como solução para o problema do lixo eletrônico: benefícios ambientais e financeiros. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2010.

NOVAES, A.G. Logística e gerenciamento da cadeia de distribuição, estratégia, operação e avaliação. Rio de Janeiro: Campus, 2001.

PRAHINSKI, C.; KOCABASOGLU, C. Empirical research opportunities in reverse supply chains. Omega, v. 34, n. 6, p. 519-532, 2006.

ROGERS, D.S., TIBBEN-LEMBKE, RONALD S. An examination of reverse logistics practices. Journal of Business Logistics. v. 22, n.2, p. 129-148, 2001.

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS – SEBRAE. Boletim Estatístico de Micro e Pequenas Empresas, 2005. Disponível em: <http://www.sebrae.com.br>. Acesso em: 11 nov. 2005.

TRIVIÑOS, A. N. S. Introdução à pesquisa em ciências sociais. São Paulo: Atlas, 1987.

Downloads

Publicado

2023-11-09

Como Citar

Infante, C. E. D. de C., & de Mendonça, F. M. (2023). Modelagem de decisão multicritério para processo de logística integrada. Revista De Gestão E Secretariado, 14(11), 19641–19661. https://doi.org/10.7769/gesec.v14i11.3144