Gestão escolar: proposta de um modelo integrativo com foco na qualidade de ensino

Autores

DOI:

https://doi.org/10.7769/gesec.v14i11.2850

Palavras-chave:

Boas Práticas de Gestão, Montessori, Framework

Resumo

Ao abordar a gestão como objeto de pesquisa, quase que imediatamente surgem questões relacionadas às competências gerenciais, necessárias para administrar, controlar e supervisionar recursos e processos de maneira eficiente e eficaz nas organizações. No entanto, apesar de concentrar em si essas mesmas questões gerenciais, a Gestão Escolar possui uma finalidade que a diferencia, que é proporcionar qualidade na educação. Com o intuito de contribuir com o alcance de tal finalidade, esta pesquisa tem por objetivo construir um Framework Integrativo, no qual as características da Gestão Escolar são conjugadas com a filosofia do método Montessori. O método utilizado para a realização da pesquisa é Revisão Sistemática da Literatura (Systematic Literature Review – SLR), técnica que permite a busca por artigos de interesse de maneira potencializada e organizada, culminando em um maior número de estudos, com resultados que atendam objetivamente às necessidades requeridas à construção do framework. Finalizada a revisão da literatura, os artigos selecionados foram selecionados, os dados extraídos, avaliados, analisados e os resultados interpretados, permitindo a construção do Framework Integrativo proposto. Importante ressaltar que sua construção, tal como concebida, pode auxiliar na configuração de um ambiente mais colaborativo, seguro, harmonioso e diverso, dando a Gestão Escolar uma característica mais humana e aberta ao diálogo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Andrade, NLD. et al. (2020). A implementação da gestão democrática na educação e o novo modelo de gestão pública. Percurso Acadêmico, 10 (20), 116-131. doi: 10.5752/P.2236-0603.2020v10n20p116-131

Batista, MDFMC. & Elliot, LG. (2014). Avaliação da Autoeducação: Construção e validação de instrumento para o Professor Montessoriano. Meta: Avaliação, 6 (17), 176-198. doi: 10.22347/2175-2753v6i17.134

Cameron, KS., Quinn, RE., Degraff, J., & Thakor, AJ. (2011). The competing values framework. Diagnosing and changing organizational culture: Based on the competing values framework. Cheltenham: Edward Elgar.

Carneiro, RF., & Ribeiro, CP. (2021). A resolução de problemas em uma sala de aula montessoriana: reflexões de uma professora da Educação Infantil. Instrumento: Revista de Estudo e Pesquisa em Educação, 23(4), 1046-1058. doi:10.34019/1984-5499.2021.v23.31521

Dalkir, K. (2013). Knowledge management in theory and practice. Routledge.

Estevam, ID, Batista, PFA, & Formiga, NS (2018). A gestão democrática em servidores do IFRN: Um estudo das representações sociais. Revista de Gestão e Secretariado, 9(2), 158-178.

Lame, G. (2019). Systematic literature reviews: An introduction. In Proceedings of the design society: international conference on Engineering Design 1 (1), 1633-1642. Cambridge University Press. doi: 10.1017/dsi.2019.169

Hoyler, T., Burgos, F., Bresler, R., & Paulics, V. (2014). Governança ajuda ou atrapalha? Reflexões sobre a gestão educacional local. Revista interdisciplinar de gestão social, 3(2). doi: 10.9771/23172428rigs.v3i2.9886

İslamoğlu, Ö. (2018). Interaction between educational approach and space: The case of Montessori. Eurasia Journal of Mathematics Science and Technology Education, 14(1). doi: 10.12973/ejmste/79799

Kerbes, A., Silva, LDQ., & Fossatti, P. (2023). School Management Models: Approximation among Brazil, Chile, Ecuador and Mexico. Interfaces da Educação, 13(39). doi: 10.26514/inter.v13i39.4569

Koller, SH., Couto, MCP., & Von Hohendorff, J. (2014). Manual de produção científica. Penso Editora.

Lillard, AS., Meyer, MJ., Vasc, D., & Fukuda, E. (2021). An association between Montessori education in childhood and adult wellbeing. Frontiers in psychology, 12 (5351). doi: 10.3389/fpsyg.2021.721943

Lillard, A., & Else-Quest, N. (2006). Evaluating montessori education. Science, 313(5795), 1893-1894. 29 Sep 2006. 10.1126/science.1132362

Lück, H. (2000). Perspectivas da gestão escolar e implicações quanto à formação de seus gestores. Em aberto, 17(72), 11-33.

McNamara, A. (2016). Modelos de gestão escolar eficaz: reflexões sobre desafios e melhores práticas no Brasil e na Inglaterra. Boletim Técnico do Senac, 42(3), 92-105. Doi: 10.26849/bts.v42i3.373

Mendoza, L., Escamilla, A., & Romero, ACGL. (2021). Montessori Project. In SHS Web of Conferences, 102 (03004). EDP Sciences. doi: 10.1051/shsconf/202110203004

Montessori, M. (1965). Pedagogia Científica: A descoberta da criança. Flamboyant, 1965,

Quinquiolo, NCR., & Quinquiolo, JM. (2019). Gestão escolar: a influência do modelo democrático na formação do aluno. Revista de Gestão e Avaliação Educacional, 8(17), 1-8. doi: 10.5902/2318133835556

Ruiz, MJF., & Marinheiro, EL. (2015). A democratização da escola pública: velhos e novos modelos de gestão escolar. Educação, 40, 605-618.

Severgnini, E., Vieira, VA., Singh, A., Camargo, R., & Duarte, N. (2022). Gestão escolar e aspectos da disfuncionalidade da burocracia: proposta de um modelo conceitual. Caderno de Administração, 30(2), 76-98.

Silva, ARD.; Ramires, K. (2022). Maria Montessori e a filosofia Montessoriana em documentos históricos. XVI SESEMAT – UFMS. Anais do Seminário Sul-Mato-Grossense de Pesquisa em Educação Matemática, (16).

Solís, KC., Palta, BA., Bernal, EC., Rojas, FP., & Campos, FA. (2021). ¿ Cómo se construye la convivencia escolar en la educación Montessori? Estudio de caso de una escuela Montessori de Valparaíso, Chile. Estudios pedagógicos, 47(2), 299-317. doi: 10.4067/S0718-07052021000200299

Strasburg, QR., & Corsetti, B. (2021). Em destaque: a nova gestão escolar. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, 37(2), 1008-1031. doi: 10.21573/vol37n22021.107131

Vieira, S. L., & Vidal, E. M. (2015). Gestão democrática da escola no Brasil: desafios à implementação de um novo modelo. Revista Iberoamericana de educación. 67. 19-38.

Yamazato, MO., & Nascente, RMM. (2023). Cultura Organizacional em escolas de educação básica: metapesquisa da produção acadêmica brasileira de 2006 a 2020. Currículo sem Fronteiras.

Downloads

Publicado

2023-11-09

Como Citar

Kanan, L. A., Fernandes, C. A., Gugelmin, L. B., & da Cruz, C. M. (2023). Gestão escolar: proposta de um modelo integrativo com foco na qualidade de ensino. Revista De Gestão E Secretariado, 14(11), 19588–19605. https://doi.org/10.7769/gesec.v14i11.2850