Cadeia produtiva de leite no Brasil: competitividade, sustentabilidade e políticas públicas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.7769/gesec.v14i5.2150

Palavras-chave:

Qualidade do Leite, Desempenho, Análise SWOT

Resumo

A cadeia produtiva de leite contribui significativamente para a economia brasileira, fato explicado pelo notável número de agentes que são abrangidos pela sua produção, industrialização e distribuição. A presente pesquisa teve por objetivos analisar a competitividade dessa cadeia no Brasil, verificar quais ações estão sendo realizadas no sentido de interligar sustentabilidade econômica e ambiental, bem como averiguar as políticas públicas de incremento à competitividade da mesma. Tais escopos justificam-se pela relevância econômica desta cadeia no Brasil e concomitante heterogeneidade do setor, que oferece inúmeras oportunidades. O estudo foi conduzido por meio de pesquisa bibliográfica e entrevistas estruturadas, sendo estas avaliadas através de análise SWOT. A partir das entrevistas, foi possível identificar as principais forças, fraquezas, oportunidades e ameaças da cadeia de produção de leite no Brasil, sendo estes fatores que afetam diretamente a competitividade da cadeia. Observou-se que as principais políticas públicas voltadas ao setor são o Plano de Qualificação de Fornecedores de Leite (PQFL), o Programa Mais Leite Saudável e o Programa Nacional de Qualidade do Leite (PNQL). Além disso, foi possível identificar as principais ações com foco na sustentabilidade ambiental realizadas pelos produtores de leite brasileiros em seus estabelecimentos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Affonso, M. Z. (2014). Análise SWOT aplicada à pecuária de leite no Brasil [Monografia Especialização Digital - Universidade Federal do Paraná]. https://acervodigital.ufpr.br /handle/1884/49779

Ala-Harja, M.; Helgason, S. (2000). Em Direção às Melhores Práticas de Avaliação. Revista do Serviço Público, ano 51, n. 4, out./dez. https://doi.org/10.21874/rsp.v51i4.334

Araújo, S. M. S. (2016). Desenvolvimento sustentável, ética e sustentabilidade econômica mundial. Revista Geotemas. v. 6(2), p. 60–70. http://periodicos.apps.uern.br/ index.php/GEOTemas/article/view/739

Assis, J. de; Ferreira, J. D.; Martins, H. H.; Schneider, M. B. (2016). Cadeia produtiva do leite no Brasil no contexto do comércio internacional. Revista de Ciências Empresariais. Umuarama, v. 17, n. 1, p. 63-93, jan./jun. 2016.

Asteggiano, A. S. (2019). Protocolo de bem-estar animal para o setor leiteiro – vacas em lactação. Consorcio Lechero, setembro/2019.

Batalha, M. O. (1995). As cadeias de produção agroindustriais: uma perspectiva para o estudo das inovações tecnológicas. RAUSP Management Journal, v. 30, n. 4, p. 43-50.

Brasil. (2021). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Plano de Qualificação de Fornecedores de Leite. https://www.gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/producao-animal/plano-de-qualificacao-de-fornecedores-de-leite

Brasil. (2021). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Programa Nacional de Qualidade do Leite. https://www.gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/inspecao/produtos-animal

Brasil. (2017). Ministério da Economia. Competitividade Industrial. http://www.mdic.gov.br/index.php/competitividade-industrial/acoes-e-programas-11/co nceituacao

Breitenbach, R.; Rosolen, G. B. (2020) Análise estratégica do setor produtivo de leite do Rio Grande do Sul. Revista de Política Agrícola, Out./Nov./Dez., ed. 4, p. 83-97.

Brum, A. L.; Kelm, M.; Albornoz, M. (2014). Estudos Setoriais, Cadeias Produtivas, Sistemas Locais de Produção. https://arquivofee.rs.gov.br/wp-content/uploads/2014/05/2014 05277eeg-mesa19-cadeiaprodutivaleite.pdf

Cassini, T. S. (2003). Digestão de resíduos sólidos orgânicos e aproveitamento do biogás. Rio de Janeiro: ABES.

Castro, A. M. G. (2001). Prospecção de cadeias produtivas e gestão da informação. Revista Transinformação, Campinas, v. 13, n. 2, p. 55-72, dez. 2001. https://www.scielo.br/j/ tinf/a/cQVTmN9DYzm7kPfhqvMpGzS/?lang=pt

CNUMAD - Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (1996). Agenda 21, Brasília.

Cunha, C.G. S. (2018). Avaliação de políticas públicas e programas governamentais: tendências recentes e experiências no Brasil. Revista Estudos de Planejamento, n. 12, dez.

Embrapa. (2021). Portfólio Integração Lavoura-Pecuária-Floresta. Brasília (DF). https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/224501/1/2021-cpamt-folder-portif olio-ilpf.pdf

Garcia, A. R. (2019). Bem-estar animal impacta na produtividade de carne e leite. Embrapa Pecuária Sudeste, São Carlos (SP). https://www.embrapa.br/busca-de-noticias/-/noticia/46763771/bem-estar-animal-impacta-na-produtividade-de-carne-e-leite

Gil, A. C. (2002). Como Elaborar Projetos de Pesquisa. Edição 4. São Paulo: ATLAS S.A.

Gil, A. C. (2008). Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 6ª. ed. São Paulo: Atlas S.A. ISBN 978-85-224-5142-5.

Godoy, A. S. (1995). Pesquisas Qualitativas: tipos fundamentais. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 35, n. 3, p. 20-29, Mai./Jun.

Hansen, P. B. (2004). Um modelo meso-analítico de medição de desempenho competitivo de cadeias produtivas [Tese de Doutorado - Universidade Federal do Rio Grande do Sul]. https://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/9020

Helms, M. M.; Nixon, J. Exploring SWOT analysis – where are we now?: A review of academic research from the last decade. Journal of Strategy and Management, v. 3, n. 3, p. 215 – 251, 2010.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2000). Pesquisa Pecuária Municipal 2000. Rio de Janeiro - RJ, v. 28, p. 1-28. https://biblioteca.ibge.gov.br/index.php/ biblioteca-catalogo?view=detalhes&id=784

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2020). Pesquisa Pecuária Municipal 2020. Rio de Janeiro - RJ, v. 48, p. 1-12. https://biblioteca.ibge.gov.br/index.php /biblioteca-catalogo?view=detalhes&id=784

Martins, P. do C.; Piccinini, G. A.; Krug, E. E. B.; Martins, C. E.; Lopes, F. C. F. (2015). Sustentabilidade ambiental, social e econômica da cadeia produtiva do leite: desafios e perspectivas. Brasília, DF: Embrapa, 432 p.

May, P. H. Economia do meio ambiente: teoria e prática. 2. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010. ISBN 978-85-352-3765-8

Moura, A. V. M.; Azevedo, B. C. (2020). Matriz SWOT como ferramenta de apoio na competitividade de micro e pequenas empresas. Revista Científica Eletrônica de Ciências Aplicadas da FAIT. n. 2. nov. http://fait.revista.inf.br/imagens_arquivos/arquivos_de staque/RElt113GJ83W2eZ_2021-6-8-16-27-59.pdf

Moura, C. J. de; Santos, F. M. dos; Brito, J. R. F.; Mendonça, L. C.; Francisco, L.; Ribeiro, M. T.; Vicentini, N. M.; Robbs, P. G.; Teixeira, S. R. (2013). Boas práticas agropecuárias para produção de leite seguro e de qualidade. Embrapa Gado de Leite.

Oliveira, C. C.; Moro, A. R.; Ulbritch, L. (2017). Ergonomia aplicada à organização do trabalho da pecuária leiteira em pequenas propriedades no Paraná. Revista Perspectivas Contemporâneas, v. 12, n. 3, p. 193-214, set./dez.

Otênio, M. H.; Romário, V.; Costa, L. R.; Magalhães, V. M. A. (2017). Reaproveitamento de água residuária em sistemas de produção de leite em confinamento. Embrapa Gado de Leite, Juiz de Fora (MG), fevereiro/2017. https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/ bitstream/item/160648/1/COT-78-Reaprov-agua-em-sprod-leite-conf.pdf

Peiter, C. C.; Mofati, L. M.; Villas-Bôas, R. C. (2014). Tecnologia de Rochas Ornamentais: Pesquisa, Lavra e Beneficiamento. Rio de Janeiro: CETEM/MCTI, 2014. cap. 11, p. 529-565.

Pereira, C. (2016). Ministério da Agricultura lança sistema de monitoramento da qualidade do leite brasileiro. 2016, Embrapa Gado de Leite. https://www.embrapa.br/noticias

Pinto, M. R. (2021). Energia solar fotovoltaica: aplicação na produção leiteira [Monografia de Graduação em Engenharia de Controle e Automação – Universidade Federal de Ouro Preto]. http://www.monografias.ufop.br/handle/35400000/3709

Rissotto, L. A. P. (2015). Uso de energia solar térmica na melhoria da qualidade do leite em pequenas propriedades rurais em Santana do Livramento (RS) [Monografia de Conclusão de Curso - Universidade Federal de Santa Maria]. https://repositorio.ufsm.br/ handle/1/1551

Rosso, G. (2016). Práticas simples economizam 30% de água em sala de ordenha. Embrapa Pecuária Sudeste.

Silva, C. A. B., Batalha, M. O. (1999). Competitividade em sistemas agroindustriais: metodologia e estudo de caso. In II Workshop brasileiro de gestão de sistemas agroalimentares. PENSA/USP. Ribeirão Preto, p. 09-20.

Silva, P. L. B.; Costa, N. R. (2002). A avaliação de programas públicos: reflexões sobre a experiência brasileira. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Brasília.

Souza, C. (2008). Políticas públicas: uma revisão da literatura. Revista Sociologias, Porto Alegre, n. 16, p. 20-45.

Toledo, J. C. De; Borrás, M. A. A.; Scalco, A. R.; Lima, L. S. (2004). Coordenação da Qualidade em Cadeias de Produção: Estrutura e Método para Cadeias Agroalimentares. Revista Gestão & Produção, v. 11, n. 3, p. 355-372, set./dez.

Viana, G.; Ferras, R. P. R. (2007). A cadeia produtiva do leite: um estudo sobre a organização da cadeia e sua importância para o desenvolvimento regional. Revista Capital Científico, Guarapuava, v. 5, n. 1, p. 24-40, jan./dez.

Viana, G.; Rinaldi, R. N. (2010). Principais fatores que influenciam o desempenho da cadeia produtiva de leite – um estudo com os produtores de leite do município de Laranjeiras do sul-PR. Organizações Rurais & Agroindustriais, Lavras, v. 12, n. 2, p. 263-274, 2010. https://core.ac.uk/download/pdf/6429899.pdf

Vilela, D.; Resende, J. C. De; Leite, J. B.; Alves, E. (2017). A evolução do leite no Brasil em cinco décadas. Revista de Política Agrícola, v. 26, n. 1, p. 5-24, 26, ago.

Wilkinson, J. (2008). A competitividade na indústria de laticínios: Padrões de concorrência e regulação na indústria mundial. Centro Edelstein de Pesquisa Social, p. 56-69.

Ziegler, C.; Branco, A. N.; Ricci, M. R.; Zanini, R. R.; Souza, A. M. (2017). Aplicação da Análise SWOT na cadeia produtiva do leite na região noroeste do Rio Grande do Sul. In VII Congresso Brasileiro de Engenharia de Produção, Ponta Grossa.

Downloads

Publicado

2023-05-12

Como Citar

Gonçalves, L. M., Montebello, A. E. S., & dos Santos, J. A. (2023). Cadeia produtiva de leite no Brasil: competitividade, sustentabilidade e políticas públicas. Revista De Gestão E Secretariado, 14(5), 7765–7786. https://doi.org/10.7769/gesec.v14i5.2150