Currículo inclusivo: uma proposta para equidade e efetividade nos processos de recrutamento

Autores

DOI:

https://doi.org/10.7769/gesec.v14i5.2139

Palavras-chave:

Currículo, Profissional, Recrutamento, Seleção

Resumo

O objetivo desse Trabalho foi buscar uma alternativa que possa combinar equidade e efetividade na triagem de currículo, considerando o gap existente nessa parte do processo de recrutamento e seleção. Estudos comprovam que a triagem de currículos pode promover discriminação de gênero, cor e idade, além de apontar que os recrutadores têm contato apenas com 10% a 20% das candidaturas. Assim, com a proposta de reduzir ou eliminar tal disparidade, é apresentado o Currículo Inclusivo, um modelo que combina a padronização na confecção do currículo e a adoção de um score, capaz de identificar o perfil do profissional e atender a expectativa inicial do recrutador. Para isso, desenvolveu-se uma formulação matemática adaptada da Prova direta, utilizando-se, dentro desse conceito, a lógica dos axiomas, teoremas e definições já existentes e, a partir dessa estruturação, abordando seis dimensões: escolaridade, experiência profissional, experiência empreendedora, autenticidade virtual, TIN (tecnologia, inovação e negócios) e relacionamento virtual. Pelos resultados gerados, percebe-se que o Currículo Inclusivo pode promover um avanço na triagem de currículos, tornando-o mais ágil e focado e em acordo com o objetivo desse tipo de processo. Ao profissional, uma possibilidade de participação em processos mais equitativos e menos subjetivos, o que pode aumentar a sua chance de contratação. Ao recrutador, a possibilidade de contato com o maior número possível de candidatos na busca do profissional ideal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BARRETO, J. C. Currículo Inclusivo: Em busca do Profissional ideal. Amazon: Livros, 2020.

BOHLANDER, G. W.; SNELL, S.; SHERMAN, A. Administração e recursos humanos. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2005.

CARVALHO, I. M. V. et al. Recrutamento e seleção por competências.– Rio de Janeiro: Editora FGV, 2008.

DUTRA, J. S. Gestão de pessoas: modelo, processos, tendências e perspectivas. São Paulo: Atlas, 2009.

FRBSF. Federal Reserve Bank of San Francisco. Age Discrimination and Hiring of Older Workers (2017). Recuperado de https://www.frbsf.org/economic-research/files/el2017-06.pdf.

HBR. Harvard Business Review (2019). Using AI to Eliminate Bias from Hiring. Recuperado de https://hbr.org/2019/10/using-ai-to-eliminate-bias-from-hiring.

HIRERIGHT. Relatório de referência global de 2021. Recuperado de https://www.hireright.com/resource-library/view/2021-global-benchmark-report.

LIMONGI-FRANÇA, A. C. et al. As pessoas na organização. São Paulo: Editora Gente, 2002.

__________________. Práticas de Recursos Humanos: conceitos, ferramentas e procedimentos. São Paulo: Atlas, 2007.

__________________. Práticas de Recursos Humanos – PRH: conceitos, ferramentas e procedimentos. São Paulo: Atlas, 2010.

MAMARI, B. B. Turnover na construção civil: Uma análise de fatores que levam a alta rotatividade de funcionários. XXXVII Encontro Nacional de Engenharia da Produção – ENEGEP, 2017. Recuperado em http://www.abepro.org.br/biblioteca/TN_STO_238_376_32236.pdf. DOI: https://doi.org/10.14488/ENEGEP2017_TN_STO_238_376_32236

NBER. National Bureau of Economic Reasearch. Are Emily and Greg more employable than Lakisha and Jamal? A field experiment on labor market discrimination. Recuperado de https://www.nber.org/system/files/working_papers/w9873/w9873.pdf.

PNAS. Proceedings of the National Academy os Sciences of the United States of America (2012). Recuperado de https://www.pnas.org/doi/10.1073/pnas.1211286109.

ROBBINS, S. P.; DECENZO, D. A., WOLTER, R. A nova administração. 1. ed. São Paulo: Saraiva, 2014

RODRIGUES, A.; ASSMAR, E. M.; JABLONSKI, B. Psicologia Social. Petrópolis: Vozes, 2015.

Downloads

Publicado

2023-05-11

Como Citar

Barreto, J. C., de Stefano, E., Freitag, A. E. B., Santana, W. A., & Picoli, M. A. (2023). Currículo inclusivo: uma proposta para equidade e efetividade nos processos de recrutamento . Revista De Gestão E Secretariado, 14(5), 7586–7607. https://doi.org/10.7769/gesec.v14i5.2139