Boas práticas de gestão de projetos públicos: a projetização de uma unidade administrativa de uma Instituição Federal de Ensino Superior

Autores

DOI:

https://doi.org/10.7769/gesec.v14i5.2121

Palavras-chave:

Gestão de Projetos, Fatores Críticos de Sucesso, Administração Pública

Resumo

A administração pública vem passando por mudanças para viabilizar serviços públicos com maior qualidade para a sociedade. Nesse contexto, a inserção da gestão de projetos em âmbito público é fundamental para garantir maior eficácia e eficiência à gestão pública. O objetivo desta pesquisa, baseado em levantamento bibliográfico e estudo de caso, é identificar na literatura o que são consideradas boas práticas, melhores práticas ou fatores críticos de sucesso no que se refere à gestão de projetos públicos. Além disso, o estudo também se dispõe a analisar atividades realizadas por uma unidade administrativa de uma Instituição Federal de Ensino Superior (IFES) para identificar quais dessas atividades podem ser entendidas como um projeto e assim sugerir, considerando o que foi observado na literatura, o que poderia ser implementado para melhorar o desempenho dessa unidade administrativa. A análise dos resultados revelou que as boas práticas identificadas na literatura poderiam ser aplicadas na unidade administrativa estudada para diminuir os gargalos identificados. Há evidente relação entre as dificuldades relatadas pelos servidores da IFES e as boas práticas elencadas na literatura. Assim, a implementação de tais práticas poderia resultar em maior eficácia e eficiência para a administração pública. Destaca-se entre os gargalos a falta de padronização, a falta de acompanhamento da execução e a dificuldade de comunicação. Já, entre as boas práticas, salienta-se o apoio da alta gestão; acompanhar, monitorar e controlar a execução do projeto; promover comunicação eficaz e eficiente; incentivar a inovação. Novas oportunidades de pesquisa são sugeridas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALONSO, Angela; LIMA, Márcia; ALMEIDA, Ronaldo de. Métodos de pesquisa em Ciências Sociais: bloco qualitativo. São Paulo/SP: CEBRAP-SESC São Paulo, 2016.

ANDRIANI, Letícia Maria Heineck; MICHALOSKI, Ariel Orlei; OLIVEIRA, Jair de. Gestão de projetos e a abordagem prática na empresa brasileira de infraestrutura aeroportuária. Revisão de Gestão e Projetos, v. 12, n. 2, 2021. DOI: https://doi.org/10.5585/gep.v12i2.16262

BARCA, Gabriela B. V. Subsecretaria de gestão de programas, processos e projetos estratégicos nos moldes do escritório de gerenciamento de projetos: um estudo de caso no governo do Distrito Federal. IPTEC – Revista Inovação, Projetos e Tecnologias, v. 6, n. 2, p. 72-91, 2018. DOI: https://doi.org/10.5585/iptec.v6i2.146

BEL, Nidianne Massa; FIGUEIREDO, Paulo S.; LOIOLA, Elisabeth; PASSOS, Francisco U. Melhores práticas em gestão de projetos de novos produtos aplicadas a uma empresa da indústria da moda. Revista Gestão e Planejamento, Salvador/BA, v. 21, p. 512-530, 2020. DOI: https://doi.org/10.21714/2178-8030gep.v.21.5441

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em: 27 out. 2021.

BRESSER-PEREIRA, Luiz Carlos. Da administração pública burocrática à gerencial. Revista do Serviço Público, Ano 47, v. 120, n. 1, 1996. DOI: https://doi.org/10.21874/rsp.v47i1.702

CAMPOS, Marina Costa; DANTAS, Anderson de Barros; MILITO, Cláudia Maria; SILVA, Luciana Santos Costa Vieira da. Avaliação de maturidade em gestão de projetos na universidade federal de Alagoas utilizando o método PRADO-MMGP. Revista de Gestão e Projetos, v. 11, n. 1, 2020. DOI: https://doi.org/10.5585/gep.v11i1.15870

CHIAVENATO, Idalberto. Administração geral e pública: provas e concursos. 5. ed. Barueri/SP: Manole, 2018. 576 p.

FILGUEIRAS, Fernando. Indo além do gerencial: a agenda da governança democrática e a mudança silenciada no Brasil. Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro, v. 52, n. 1, p 71-88, 2018. DOI: https://doi.org/10.1590/0034-7612161430

GAZZONI, Fernado; SCHERER, Flavia Luciane; HAHN, Ivanete Schneider; CARPES, Aletéia de Moura; DOS SANTOS, Maríndia Brachak. O papel das IES no desenvolvimento sustentável: estudo de caso da Universidade Federal de Santa Maria. Revista Gestão Universitária na América Latina – GUAL. v. 11, n. 1, p. 48-70, 2018. DOI: https://doi.org/10.5007/1983-4535.2018v11n1p48

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 6. Ed. São Paulo/SP: Atlas, 2017.

KAMELYA, Marcelo Yoshinori; ROMEIRO, Maria do Carmo; KNIESS, Claudia Terezinha. Boas práticas em gestão de projetos: um estudo na prefeitura de Praia Grande. Revista de Administração da Universidade Federal de Santa Maria, v. 10, n. Esp. 5, Universidade Federal de Santa Maria, 2017. DOI: https://doi.org/10.5902/1983465912869

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Metodologia Científica. 7.ed. São Paulo: Atlas, 2017.

LINK, Camila Paulus; SILVA, Givanildo; BARICHELLO, Rodrigo; DAL MAGRO, Cristian Bau. Fatores críticos no gerenciamento de projetos públicos sustentáveis. Revista de Gestão e Projetos, v.11, n. 2, p. 87-109. 2020. DOI: https://doi.org/10.5585/gep.v11i2.17490

MOURA, Jéssica Morais de; NOBRE, Anna Cláudia dos Santos; NOGUEIRA, Gustavo Maurício Filgueiras. Gestão de projetos públicos no governo estadual do Rio Grande do Norte: análise de escritórios de projetos e contratos de gestão. Revista de Gestão e Projetos, v. 9, n. 3, set./dez. 2018. DOI: https://doi.org/10.5585/gep.v9i3.10965

NASCIMENTO, Thiago Cavalcante; SOUSA NETO, Manoel Veras de; MILITO, Cláudia Maria; OLIVEIRA JÚNIOR, Paulo César Medeiros de. Fatores que contribuem para a maturidade em gerenciamento de projetos: o caso de um governo estadual. Revista de Administração, v. 49, n. 2, p. 415-428, abr./maio/jun. 2014. DOI: https://doi.org/10.5700/rausp1155

OLIVEIRA, Rodrigo Alberto de; ZYCH, Denilson Roberto; OLIVEIRA, Jair de; MICHALOSKI, Ariel Orlei. Desafios no uso de metodologias ágeis de gestão de projetos em órgãos públicos: um estudo de caso da receita estadual do Paraná. Revista de Gestão e Projetos, v.11, n. 2, p. 12-36. 2020. DOI: https://doi.org/10.5585/gep.v11i2.16522

PALUDO, Augustinho. Administração pública. 3. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2013. 608 p.

PLANO ESTRATÉGICO INSTITUCIONAL 2013-2027. 2013. Disponível em: https://www.ufpe.br/documents/38954/713399/pei13_27_.pdf/02b4e655-63e3-40fe-b285-90bf01186a5d. Acesso em: 27 out. 2021.

PMI. PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE – PMI. Um guia do conjunto de conhecimentos em gerenciamento de projetos: Guia PMBOK- 5ª Edição, 2013.

RELATÓRIO DE GESTÃO 2020/UFPE. Disponível em: https://www.ufpe.br/documents/3224513/0/Relat%C3%B3rio+de+Gest%C3%A3o+UFPE+-+2020.pdf/5aa245a6-5e14-43aa-b6be-6e29bc12081c. Acesso em: 27 out. 2021.

RIOS, Danillo Guimarães; NADAE, Jeniffer de; BUZZETTO, Rafael Rossi; FREITAS, Simone de Lara Teixeira Uchôa. Sucesso em projetos públicos: uma análise bibliométrica. Revista de Gestão e Projetos, v. 11, n. 3, p. 117-135, 2020. DOI: https://doi.org/10.5585/gep.v11i3.18514

SANO, Hironobu; MONTENEGRO, Mário Jorge França. As técnicas de avaliação da eficiência, eficácia e efetividade na gestão pública e sua relevância para o desenvolvimento social e das ações públicas. Desenvolvimento em Questão, v. 11, n. 22, 2013. DOI: https://doi.org/10.21527/2237-6453.2013.22.35-61

SBARDELOTTO, B.; SEVERO, E. A.; GUIMARÃES, J. C. F.; CAPITANIO, R. P. R. Uma exploração bibliométrica das práticas de gestão de projetos e a vantagem competitiva sustentável. Revista Produção e Desenvolvimento, v. 3, n. 2, p. 52-64,. 2017. DOI: https://doi.org/10.32358/rpd.2017.v3.232

SILVA JÚNIOR, Antonio de Souza; FEITOSA, Marcos Gilson Gomes. Maturidade no gerenciamento de projetos: um estudo das práticas existentes nos órgãos do governo de Pernambuco. Revista de Gestão e Projetos, v. 3, n. 2, p. 207-234, mai./ago. 2012. DOI: https://doi.org/10.5585/gep.v3i2.85

TOMOMITSU, Henrique Takashi Adati; CARVALHO, Marly Monteiro de; MORAES, Renato de Oliveira. A evolução da relação entre a gestão de projetos e a gestão do conhecimento: um estudo bibliométrico. Gestão e Produção. São Carlos, v. 25, n. 2, p. 354-369, 2018. DOI: https://doi.org/10.1590/0104-530x3150-16

YIN, Robert K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 5. Ed. Porto Alegre/RS: Bookman, 2014.

YIN, Robert K. Pesquisa qualitativa do início ao fim. Porto Alegre/RS: Penso, 2016.

Downloads

Publicado

2023-05-10

Como Citar

Leal, L. C. C., Ceolin, A. C., & Correia Neto, J. da S. (2023). Boas práticas de gestão de projetos públicos: a projetização de uma unidade administrativa de uma Instituição Federal de Ensino Superior . Revista De Gestão E Secretariado, 14(5), 7294–7315. https://doi.org/10.7769/gesec.v14i5.2121