Aspectos jurídicos de Compliance e proteção ambiental

Autores

DOI:

https://doi.org/10.7769/gesec.v14i1.1548

Palavras-chave:

Compliance Ambiental, Gestão Ambiental, Conformidade Ambiental, Direito Ambiental

Resumo

Em razão da entrada em vigência da lei que dispõe sobre a responsabilização administrativa e civil de pessoas jurídicas pela prática de atos contra a administração pública, nacional ou estrangeira, em agosto de 2013, popularmente denominada de Lei Anticorrupção (Lei 12.846/2013), o instituto do compliance, já consolidado no sistema jurídico americano e europeu, ganhou relevância nacional, em especial para as organizações que mantém relação com a administração pública. Desta forma, este artigo tem como objetivo apresentar os principais aspectos jurídicos do compliance no Brasil o considerando como importante instrumento de gestão ambiental, trazendo vantagens estratégicas para as organizações nacionais diminuindo riscos, aumentando a eficiência de processos produtivos e, colaborando, em última instância para a prevenção de riscos ao meio ambiente, desenhando, desta forma, o conceito de compliance ambiental. Adota-se para a realização desta pesquisa o método de abordagem teórica lógico-dedutivo, baseado no necessário levantamento bibliográfico partindo do referencial teórico apresentado por Coimbra e Manzi (2010).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AMADO, F. A. D. T. Direito ambiental esquematizado. 5ª Edição. São Paulo: Método, 2014.

ANDRADE, A.; ROSETTI, J. P. Governança Corporativa. Fundamentos, desenvolvimentos e tendências. 4ª Edição. Atualizada e ampliada. São Paulo: Atlas, 2009

ANTUNES, P. B. Direito Ambiental. 20. ed. São Paulo: Atlas, 2019.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, 1988. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm> Acesso em: 06 set. 2018.

BRASIL. Lei Ordinária nº. 6.938, de 31 de agosto de 1981. Dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente, seus fins e mecanismos de formulação e aplicação, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 2 set. 1981. Disponível em: < https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l6938.htm> Acesso em jul. 2019

BRASIL. Lei Ordinária nº. 12.846, de 1º de agosto de 2013. Dispõe sobre a responsabilização administrativa e civil de pessoas jurídicas pela prática de atos contra a administração pública, nacional ou estrangeira, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 2 ago. 2013. Disponível em: <https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2013/lei/l12846.htm> Acesso em jul. 2019

BRASIL. Decreto nº. 8.420, de 18 de março de 2015. Regulamenta a Lei nº. 12.846, de 1º de agosto de 2013, que dispõe sobre a responsabilização administrativa de pessoas jurídicas pela prática de atos contra a administração pública nacional, ou estrangeira e dá outras providências. Diário Oficial da União, 19 mar. 2015. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2015/decreto/d8420.htm> Acesso em jul. 2019

BRASIL. Decreto nº. 11.129, de 11 de julho de 2022. Regulamenta a Lei nº. 12.846, de 1º de agosto de 2013, que dispõe sobre a responsabilização administrativa de pessoas jurídicas pela prática de atos contra a administração pública, nacional ou estrangeira e dá outras providências. Diário Oficial da União, 13 jul. 2022. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2019-2022/2022/Decreto/D11129.htm#art70> Acesso em dez. 2022

CADE. Guia Programas de Compliance. Orientações sobre estruturação e benefícios da adoção dos programas de compliance concorrencial. Conselho Administrativo de Defesa Econômica – CADE. Brasília, 2016. Disponível em: http://www.cade.gov.br/acesso-a-informacao/publicacoes-institucionais/guias_do_Cade/guia-compliance-versao-oficial.pdf/view, acesso em 03 jul. 2019.

COIMBRA, M. A.; MANZI, V. A. Manual de Compliance. Preservando a Boa Governança e a Integridade das Organizações. São Paulo: Atlas, 2010.

DIAS, R. Gestão ambiental: responsabilidade social e sustentabilidade. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2019.

DUNKLEY, P. H. College and University Compliance Programs: Overview goals, elements, structures and strategies. Stanford University, California, 2009. Disponível em: http://www.higheredcompliance.org/compliance/resources/xv-09-11-17.pdf, Acesso em: 22 jul. 2016.

MACHADO, P. A. L. Direito ambiental brasileiro. 25 ed. rev., ampl., e atual. São Paulo: Malheiros, 2017.

OLIVEIRA, M. L.; COSTA, B. S.; PINTO E SILVA, C. M. F. O Instituto do Compliance Ambiental no Contexto da Sociedade Plurissistêmica. Veredas do Direito, Belo Horizonte, v. 15, n. 33, p. 51-71, set./ dez. 2018. Disponível em: <http://www.domhelder.edu.br/revista/ index.php/veredas/article/view/1396>. Acesso em: 10 ago.2019.

PARKER, C. W. College and University Compliance Programs: Obligations, organization and implementation. NACUA Conference, 2009. Disponível em: http://www.higheredcompliance.org/compliance/resources/xv-09-11-19.pdf, Acesso em: 22 jul. 2016.

RIBEIRO, M. C. P.; DINIZ, P. D. F. Compliance e Lei Anticorrupção nas Empresas. In Revista de Informação Legislativa, ano 52, número 205, jan./mar. 2015. Disponível em: https://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/509944/001032816.pdf?sequence=1, Acesso em: 22 jul. 2016.

ROACH, R. F. Compliance at Larger Institutions. 2009. Disponível em: http://www.higheredcompliance.org/compliance/resources/larger-institutions.pdf, Acesso em: 22 jul. 2016.

SILVA, D. C.; COVA, J. R. Compliance como boa prática de gestão de ensino superior privado. São Paulo, Saraiva, 2015.

SILVA, R. F. T. Manual de direito ambiental. 7ª ed., rev., atual., e ampl. Salvador: JusPODIVM, 2017.

Downloads

Publicado

2023-01-18

Como Citar

Serotini, A. . (2023). Aspectos jurídicos de Compliance e proteção ambiental. Revista De Gestão E Secretariado, 14(1), 768–780. https://doi.org/10.7769/gesec.v14i1.1548